Leia o primeiro capítulo

Capítulo I – A partida

“Não que eu não tenha credo. Acima está  Acima e o demais é tudo depois, mas se a gente não conta com o próprio pavio, com quem contará? Afinal, a gente avévi se der conta das coisas, senão, o passageiro é mais rápido. Crer mesmo é sentir sua própria valentia. É ela que segura a vida nesse mundo. Tem hora que é preciso mastigar pensamento e olhar devagarzinho para o inimigo. Não se pode contar as horas no distraído, porque isso pode diminuir os minutos. Às vezes, nem Deus nem o diabo interferem; tem-se que erguer momentos com as poucas carnes e mantendo o prumo…”

Continuar a leitura: Sabedoria do vento (primeiro capítulo)

Sabedoria do vento

Autor: Ricardo Melani           Editora: Flor do Lácio       Edição: 2017

Romance que trata da trajetória de quatro irmãos órfãos e dos descendentes de um deles. A narrativa tem início nas primeiras décadas do século XX, no sertão agreste brasileiro, na realidade dura da caatinga e da adversidade da seca, mas ao mesmo tempo das possibilidades pelas quais a vida se afirma com toda sua potência; e termina em um futuro próximo de uma metrópole, no qual inúmeros problemas que decorrem das conquistas do desenvolvimento tecnológico estão a desafiar o destino humano.

Com uma linguagem singular, própria para cada contexto narrativo, o autor, Ricardo Melani, por meio das vivências e da psicologia dos personagens, aborda problemas universais da existência humana como morte e imortalidade, felicidade, liberdade, determinação, livre-arbítrio, contingência, sentido da vida, racionalidade, ética, ciência e tecnologia.

Trata-se de uma obra complexa, que tem muito a dizer. Sua leitura não deixa ninguém indiferente: as reflexões internas dos personagens invadem o leitor, estimulando uma polifonia de sentidos que fazem referência a sua própria existência.

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑